top of page
Buscar
  • Foto do escritorminasbioconsultoria

DIA DO CAMPO

Atualizado: 12 de set. de 2020

Você sabia que no dia 5 de maio é comemorado o dia do campo?


Algumas pessoas podem confundir o dia do campo com o dia do campo limpo. Enquanto o primeiro é comemorado no dia 5 de maio, o dia do campo limpo é comemorado no dia 18 de agosto.

Pois é, o dia do campo tem como objetivo promover a conscientização da sociedade sobre a enorme importância do campo para a economia, meio ambiente e para a população, além de incentivar o uso consciente e sustentável para pessoas e empresas, que trabalham direta ou indiretamente com o campo, sendo as principais atividades realizadas a agricultura e a pecuária.


De acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) de 2015, 15,28% da população brasileira vive em áreas rurais. O deslocamento do homem para áreas urbanas ainda continua, porém em percentuais menores do que os vistos no intenso processo de êxodo rural nas décadas de 1970 e 1980. No Brasil, as regiões que possuem maior percentual de população rural são o Norte e o Nordeste. Já a região Sudeste é a que possui a menor quantidade percentual..

OBS: No gráfico abaixo, demonstra a população urbana, com aproximação de 84,72% para 85%


A ONU está prestando atenção nas pessoas do campo


A Organização das Nações Unidas (ONU), de acordo com o economista regional do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola, defende o protagonismo de agricultores familiares para transformar a vida no campo como forma de alcançar as metas de desenvolvimento sustentável da organização, que estão na Agenda 2030 da ONU.


Dentre os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) no qual se pauta a Agenda 2030, alguns possíveis objetivos que podem ser inferir diretamente ao campo são os que abordam o fim da pobreza e da fome, a eliminação da violência contra as mulheres, a adoção de padrões sustentáveis de produção e consumo e o combate às mudanças climáticas.

Para acessar a AGENDA 2030, visite a Agenda 2030 e saiba mais sobre essa importância Agenda da ONU.

Crédito da arte: Ken Robinson/Global Goals


Como está o campo?


Atualmente, o campo se encontra em duas faces. A primeira é do setor agrícola que é altamente competitivo, focando em exportações e tecnologias qualificadas, com diversos incentivos do Governo. A outra face é da agricultura familiar, que realmente alimenta grande parte da população e que carece de acesso à tecnologia e apoio financeiro, ocupando as terras de pior qualidades.

Sendo assim, o dia do campo vem para lembrar que não é apenas a realidade que vemos no supermercado e nas exportações. Temos também que lembrar da população que vive no campo como forma de sustento.





 


Sobre o autor: Gabriel de Freitas Cantarim, graduando em Ciências Biológicas/Licenciatura - UFU. Futuro Gestor de Tráfego Digital.

Contato: gabriel.cantarim@gmail.com @gabrielcantarim


 

88 visualizações4 comentários

Posts recentes

Ver tudo

4 Comments


mariacecilia.minasbio
mariacecilia.minasbio
May 21, 2020

Muito útil e importante o texto!! De fato é extremamente necessário enfatizar sobre a importância do campo para a economia e para a sociedade, que muita das vezes não conhece sua verdadeira realidade e nem sua estrutura. No mais, percebe-se que a agricultura familiar necessita também de mais apoio e investimentos do governo, para produzir, garantir plenamente os direitos desses agricultores e ter mais visibilidade e prioridade no mercado consumidor.

Like

Bruna Gentil
Bruna Gentil
May 21, 2020

Esse assunto é sempre muito relevante e pouco discutido mesmo o campo sendo a base da nossa vida. Na real, o assunto de interesse sempre gira em torno do agronegócio e da economia e pouco se fala da agricultura familiar, de meio ambiente e sustentabilidade... O dia do Campo merece e precisa (com urgente) de mais visibilidade integrando todos os tópicos com um mesmo nível de importância.

Gostei de mais do texto, e sem entender muito de como funciona a agenda da onu, 2030 parece distante para um assunto tão urgente

Like

bruscucuglia.minasbio
May 21, 2020

É muito bom que a ONU tenha iniciativas em prol dos agricultores familiares. No entanto, uma forma de auxilio governamental para esses agricultores seria algo muito benéfico, pois com a ajuda estatal, estes poderiam ter um maior acesso a tecnologia e aos direitos básicos humanos, tais como o acesso a um sistema sanitário, internet ou até energia em si, que muitas vezes, por conta de seu isolamento, se encontram em falta.

Like

henriqueaguia.minasbio
henriqueaguia.minasbio
May 18, 2020

Ótimo texto! A situação que mais preocupa os agricultores familiares é o êxodo rural, especialmente dos jovens, os quais iriam dar prosseguimento nas atividades agrícolas. "Se o campo não planta, a cidade não janta".

Like
bottom of page