Buscar
  • minasbioconsultoria

A Amazônia é mesmo o pulmão do mundo? Mito ou verdade

Amazônia abriga cerca de 7% da superfície total do planeta e possui cerca de 50% da biodiversidade mundial. Devido a isso, muitos acreditavam que a Amazônia era o pulmão “invertido” do mundo, porém essa afirmação é certamente fruto de uma licença poética para afirmar que a Amazônia é extremamente vital para a humanidade.


Os verdadeiros pulmões do mundo são as algas marinhas pois produzem mais oxigênio para a fotossíntese do que precisam na respiração, e o excesso é liberado no ambiente.


Amazônia


O avanço da destruição da Floresta Amazônica é uma ameaça à biodiversidade do planeta. A Amazônia é o maior bioma do Brasil: num território de 4,196.943 milhões de km² (IBGE,2004), e sua bacia hidrográfica é a maior do mundo: cobre cerca de 6 milhões de km2 e tem 1.100 afluentes, entretanto é errado dizer que a Amazônia é o pulmão do mundo pois a maior parte dos gases que ela produz é consumido por ela mesmo, com isso, é liberado muito menos oxigênio em relação às algas.


Mas por que pulmão “invertido”? O pulmão transforma oxigênio em gás carbônico, ao contrário da Amazônia que por meio da fotossíntese de sua vegetação, captura gás carbônico da atmosfera e transforma em oxigênio. Apesar da Amazônia não ser considerada o pulmão do mundo, ela é de extrema importância para a humanidade. Seus rios respondem a quase um quinto da água doce que desagua nos oceanos e a umidade de parte da Bacia Amazônica atinge e regula o clima de países como a Argentina e Uruguai.


Além disso, a Floresta Amazônica é fundamental para impedir o avanço das mudanças climáticas, por isso, os desmatamentos e as queimadas que estão acontecendo lá são tão preocupantes, pois estão causando danos irreversíveis.


Imagem: Floresta Amazônica, por Marcia Sousa


Oceanos


De acordo com os dados do Instituto Brasileiro de Florestas, as algas marinhas são responsáveis pela produção de 54% do oxigênio do mundo e os mares funcionam como reguladores do clima no planeta, por isso eles são considerados os pulmões do mundo. Sem os oceanos, a temperatura terrestre poderia ultrapassar os 100ºC, o que inviabilizaria a vida no planeta.


Os oceanos cobrem 70% da superfície da Terra e contém 97% da água do planeta. As primeiras formas de vida se desenvolveram no oceano e ainda é o oceano que permite que a Terra seja habitável devido aos seus organismos fotossintetizantes que liberam oxigênio na atmosfera, influenciando diretamente nas mudanças climáticas e funções meteorológicas.


Mas como as algas marinhas produzem oxigênio? As algas são organismos fotossintetizantes e, em resumo, no processo de fotossíntese ocorre três principais fatores: a captura de gás carbônico atmosférico, a renovação de oxigênio atmosférico e a condução do fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.


Imagem: Floresta de algas marinhas em Kelps, Califórnia (Floresta de Kelps), por Adriana Russo.


Gostou de saber mais sobre esse tema? Deixe um comentário pra gente, e continue nos seguindo para ficar por dentro de assuntos atuais que são muito importantes e interessantes!




REFERÊNCIAS:

CONEXÃO PLANETA, A Amazônia é o pulmão do mundo? Disponível em: https://conexaoplaneta.com.br/blog/a-amazonia-e-o-pulmao-do-mundo/#:~:text=Mas%20o%20fato%20%C3%A9%20que,%C3%A9%20o%20pul m%C3%A3o%20do%20mundo.&text=Os%20verdadeiros%20pulm%C3%B5es%

20do%20mundo,%C3%A9%20liberado%20para%20o%20ambiente. Acesso em: 21 set. 2020.



EDUCAÇÃO >VOCÊ SABIA?, A Floresta Amazônia pode ser considerada o pulmão do mundo? Disponível em: https://www.terra.com.br/noticias/educacao/voce-sabia/a-floresta -amazonica-pode-ser-considerada-o-pulmao-do mundo,1238c087e60ea310VgnCLD200000bbcceb0aRCRD.html. Acesso em: 21 set. 2020.



MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE, Amazônia. Disponível em: https://www.mma.gov.br/biomas/amaz%C3%B4nia. Acesso em: 21 set. 2020. MY PLANET, Fonte de vida. Disponível em: https://myplanet.pt/reportagens/fonte-de-vida-planeta-oceanos-agua/. Acesso em: 22 set. 2020.



MY PLANET, Fonte de vida. Disponível em: https://myplanet.pt/reportagens/fonte-de-vida-planeta-oceanos-agua/. Acesso em: 22 set. 2020.


Sobre a autora: Júlia Ribeiro Inocêncio, graduanda em Ciências Biológicas/Bacharelado-UFU, amante do mar e de música e apaixonada pela biologia.

Contato: juliaribeiroinocencio@gmail.com



68 visualizações