Buscar
  • minasbioconsultoria

Insetos – O grupo mais abundante do planeta?

Atualizado: Set 1

Os artrópodes compõem o grupo mais diverso de organismos vivos, com cerca de 1.050.000 espécies. Entre eles, destaca-se o grupo dos insetos que apresentam cerca de 952.000 espécies conhecidas, ou seja, 90% de todos os artrópodes.


Cerca de 1.600.000 espécies estão catalogadas até os dias de hoje e os insetos fazem parte de 60% desse número.

Fonte: Ilustração por Matt Dorfman. Source photographs: Bridgeman Images.

Esses pequenos animais surgiram entre 420 a 400 milhões de anos atrás e estão entre os primeiros invasores do ambiente terrestre. A barata comum, por exemplo, pouco difere dos seus ancestrais encontrados na forma de fósseis em sedimentos que datam do Carbonífero Superior (250 milhões de anos).

Retomando os números contidos em uma das principais enciclopédias de taxonomia, Systema Naturae, por Lineu (1758), para ilustrar melhor. É dado que a cada ano 3.500 novas espécies de insetos são catalogadas por cientistas, e estima-se que cerca de 2 a 5 milhões de espécies ainda não foram descobertas.


Imagem retirada de mzufba.ufba.br - Fonte: Grimaldi & Engel, 2005

As características mais visíveis para designar um animal como inseto são: corpo dividido em cabeça, tórax e abdome, um par de antenas, um par de mandíbulas, tórax apresentando três pares de pernas e geralmente dois pares de asas. A maioria é terrestre, mas há espécies de água doce e várias outras, cujas larvas se desenvolvem na água.


Fonte: Planeta Biologia, Classe Insecta: características, ordens, insetos sociais.

Insetos sociais

Várias relações ecológicas são encontradas nesse tão diverso grupo, e muitos se agrupam em colônias que, na verdade, são estruturas familiares muito desenvolvidas. Certas abelhas e vespas, por exemplo, apenas preparam locais protegidos para depositar seus ovos e alimentar suas larvas (veja o vídeo sobre como é dividido uma colônia de abelhas jataí no nosso Instagram).

A divisão de trabalho também revela o alto grau de sofisticação da sociedade, as abelhas, novamente, possuem divisão de trabalho por idade, desse modo, as operárias mais jovens cuidam das larvas, as maduras produzem cera e moldam os favos, e as mais velhas saem em busca de néctar, pólen e resinas.

Importância para o ecossistema

Além disso, esses animais têm grande influência na dinâmica dos ecossistemas, pois atuam na decomposição da serrapilheira, na polinização, supressão do crescimento de plantas, ou mesmo servindo de alimento para outros animais.

Os besouros da família Scarabaeidae (escaravelhos) são detritívoros e promovem a remoção e reingresso da matéria orgânica no ciclo de nutrientes, aumentando a aeração do solo e prolongando a capacidade produtiva do mesmo. Desse modo, as características do solo bem como sua qualidade são determinadas, muitas vezes, pela interação com esses organismos.



Então qual a importância deles para nós?

A ausência de insetos seria um fator decisivo na prosperidade da humanidade. Além da polinização, fator de extrema importância para a nossa alimentação, devemos levar em consideração o papel dos insetos entomófagos (parasitoides e predadores de outros insetos) como controladores naturais de populações de outras espécies de insetos que podem ser consideradas pragas (você sabia que a MinasBio trabalha com controle biológico? Leia sobre o assunto clicando aqui.

É estimado que o serviço de polinização gira em torno de $19 bilhões de dólares por ano somente nos Estados Unidos, e os produtos comercializados por eles gerados, em torno de $300 milhões de dólares (veja aqui a relação das abelhas com o aumento da atividade agrícola em pequenas e grandes propriedades).

A reprodução sexuada de algumas angiospermas (plantas mais complexas, que possuem raiz, caule, folhas, flores, frutos e sementes) só é possível graças aos polinizadores.

Além disso, alguns insetos têm importância médica por causarem doenças em animais e nos seres humanos, como por exemplo os mosquitos e pernilongos, que estão associados em doenças como a malária, febre amarela e dengue, que ainda constituem importantes problemas de saúde pública.

Os insetos hematófagos (que se alimentam de sangue) em geral transmitem os agentes infecciosos por inoculação através da pele, durante sua alimentação diretamente no sangue. Os triatomíneos (Doença de Chagas), entretanto, transmitem o agente infeccioso quando defecam após a alimentação e a inoculação ocorre por contaminação de mucosas e de área de pele lesada, com resíduos fecais através do ato de coçar.


Fonte: Blog da Saúde – Ministério da Saúde, Pesquisa caracteriza função sensorial de vetor de Chagas.


De outro modo, os insetos ainda atuam como bioindicadores de qualidade da água, pois interagem com diversos poluentes e indicam a presença de contaminantes nem sempre detectados.

Outra área super interessante de estudo acerca da entomologia (estudo dos insetos), é a Entomologia Forense: nome dado a ciência que analisa o comportamento de insetos em cadáveres para auxiliar investigações médico-criminais. Estudos sobre as moscas varejeiras, insetos importantes como indicadores forenses, vêm sendo desenvolvidos há alguns anos pela Unesp de Rio Claro.

E aí, gostou do texto? Tem interesse em trabalhar com entomologia ou mesmo ter uma caixa de abelhas sem ferrão e contribuir para a polinização? Comente aqui ou entre em contato conosco!


REFERÊNCIAS

CALOR, A. R. 2009. Insecta. Disponível em: Museu de Zoologia Virtual, Universidade Federal da Bahia, (http://www.mzufba.ufba.br/insetos.html). Capturado em 06/04/2021.

IMPORTÂNCIA e Diversidade dos Insetos. [S. l.]. Disponível em: http://www.insecta.ufv.br/Entomologia/ent/disciplina/ban%20160/AULAT/aula2/Diversidade.html. Acesso em: 6 abr. 2021.

GANTES, Marcel Lucas. Composição e estrutura da comunidade de insetos de uma marisma da Ilha da Pólvora (Rio Grande, Brasil). 2011. Dissertação (Pós-Graduação em Oceanografia Biológica) - Universidade Federal de Rio Grande, Rio Grande, 2011.

CLASSE insecta: características, ordens, insetos sociais. Planeta Biologia, 12 jan. 2021. Disponível em: https://planetabiologia.com/classe-insecta-caracteristicas-ordens-insetos-sociais/. Acesso em: 6 abr. 2021.

A IMPORTÂNCIA dos insetos no equilíbrio dos ecossistemas: Esses organismos minúsculos têm uma gigantesca importância ecológica. ACidadeOn, 18 jun. 2020. Disponível em: https://www.acidadeon.com/mundodosbichos/ciencia/NOT,0,0,1525179,viloes+x+herois.aspx. Acesso em: 6 abr. 2021.

LEITE, Germano Leão Demolin. Entomologia Básica: UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS. [S. l.], 2011. Disponível em: https://www.ica.ufmg.br/wp-content/uploads/2017/06/ap_ent_basica.pdf. Acesso em: 6 abr. 2021.





Sobre a autora: Ana Beatriz Sabino Menezes, graduanda em Ciências Biológicas/Bacharelado-UFU, gosta de pintar e desenhar, apaixonada pelo ramo artístico e também pela natureza e animais, passa a maior parte do dia no jardim, cuidando das suas plantinhas e do seu pedacinho de ecossistema.

Contato: sabinoanab@gmail.com @ardevenus



69 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo