Buscar
  • minasbioconsultoria

A humanidade e os recursos naturais

A partir da evolução e adaptação humana em sociedades, o homem começou a explorar e manipular os recursos naturais presentes à sua volta. Essa manipulação permitiu o caminhar da evolução até os dias atuais, porém, anteriormente, o cenário era bem diferente. As civilizações humanas eram reduzidas e as principais ações eram feitas sobre os recursos naturais renováveis, dentre eles principalmente espécies vegetais e animais.


Hoje em dia, esse manejo se mantém, porém, os recursos naturais não renováveis têm sido cada vez mais explorados de forma inconsequente e irresponsável por grandes indústrias em prol do capitalismo.


Na maioria das vezes nem conseguimos mensurar a quantidade e a qualidade ambiental, social e econômica que os recursos geram em prol dos ambientes onde se encontram, mas literalmente tudo vem a partir deles. No Brasil, somos privilegiados pela presença da maior floresta tropical do mundo, com a maior biodiversidade de espécies, além disso somos conhecidos por possuir solos e recursos hídricos férteis e abundantes. Tudo isso influência diretamente em grande parte de nossas atividades e do modo de vida que levamos.


Fonte: Canva

Dentre os recursos naturais renováveis nós temos a nossa flora, fauna, a água, o ar, o solo, etc. Todos eles passíveis de renovação natural e também sobre a ação humana. Já dentre os recursos naturais não renováveis temos os minérios, os combustíveis fosseis, o petróleo, todos finitos e inviáveis de serem renovados pela ação humana atualmente.


Fonte: Canva

É válido ressaltar também as diferenças entre os recursos naturais e os recursos ambientais. O primeiro é tudo aquilo que temos acesso, que o ser humano já manipula a seu favor, já o segundo engloba todos os recursos do planeta, como a atmosfera, o subsolo, águas subterrâneas, dentre outros.


Mas a grande questão é como vamos continuar lidando com nossos recursos pelos próximos anos, as medidas necessárias para cuidar daqueles renováveis, visto que mesmo assim ainda lidamos com a extinção de várias espécies e a escassez dos mesmos para grande parte da população, que muitas vezes não tem acesso a água potável e alimento, itens básicos para a renovação da própria espécie humana. Assim como os não renováveis, como vamos agir e prosseguir quando eles estiverem chegando ao fim? Vamos racionar, adaptar, trocar?



Fonte: Canva

O crescimento econômico é um desafio aos recursos do planeta, uma vez que o mesmo precisa suportar as pressões exercidas pela ação humana. O mínimo que devemos fazer é cuidar e prosperar o mesmo agora, uma vez que ele permitiu o mesmo a nós.

E aí, gostou do nosso texto? Conte para nós nos comentários.


REFERÊNCIAS

DULLEY, Richard Domingues. NOÇÃO DE NATUREZA, AMBIENTE, MEIO AMBIENTE, RECURSOS AMBIENTAIS E RECURSOS NATURAIS. Agric. São Paulo, [s. l.], 26 dez. 2004. Disponível em: http://www.iea.sp.gov.br/out/publicacoes/pdf/asp-2-04-2.pdf. Acesso em: 11 out. 2021.


KAMOGAWA, Luiz Fernando Ohara. CRESCIMENTO ECONÔMICO, RECURSOS NATURAIS E DEGRADAÇÃO AMBIENTAL: UMA APLICAÇÃO DO MODELO EKC NO BRASIL. 2003. Dissertação (Mestrando em Ciências - Economia Aplicada) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, [S. l.], 2003. Disponível em: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11132/tde-24032004-145623/publico/luiz.pdf. Acesso em: 11 out. 2021.




Sobre a autora: Gabriella Louli Soares, Graduanda em Ciências Biológicas/Bacharelado - UFU. Gosta de estar em contato com a natureza e estar com seus amigos. Contato: louligabriella@gmail.com






20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo