top of page
Buscar
  • Foto do escritorminasbioconsultoria

Iconfósseis: O Que São e Qual a Sua Importância.



Uma área de estudo da biologia muito popular e que gera bastante curiosidade é a Paleontologia, por ela é possível estudar os seres que viveram no passado profundo. Muito se fala dos ossos que são encontrados que, como um quebra-cabeças, nos revelam imagens de animais que já se extinguiram. Um dos ramos dessa ciência é a Paleoicnologia, ela estuda os Icnofósseis. 


Icnofósseis são vestígios de atividades de animais e vegetais, que passaram pelo processo de fossilização e por isso ficaram preservados até os dias atuais. Por eles, é revelado o comportamento de organismos extintos, tornando possível interpretar as relações ecológicas que ocorriam e, juntamente com os somatofósseis, entender a evolução. 


Para entendermos melhor, trarei exemplos de icnofósseis e como eles ajudaram a desvendar mistérios do passado. Temos os icnofósseis de deslocação, que incluem pegadas e trilhas deixadas no local em que os animais passaram. No Brasil temos uma importante trilha, localizada em Sousa-Paraíba no Monumento Natural Vale dos Dinossauros. Por elas podemos inferir a espécie que passou por ali e possíveis hábitos dos dinossauros, como andar em bandos.


Fonte: Rocmayer CC BY-SA 4.0

Os de alimentação podem incluir marcas de dentes em suas presas ou da via oral, como as marcas deixadas no solo por gastrópodes durante a sua alimentação. Além do mais, fezes fossilizadas também são consideradas como registros de alimentação, são chamados de coprólitos. Ele contém informações do tipo de alimentação, formato do trato intestinal, a existência de paleoparasitas e em alguns casos conter DNA.


fonte: Karen Chin, especialista no estudo de coprólitos, e diversos tipos e tamanhos de fezes fósseis.

Escavações como tocas, galerias e túneis são registros de locais de habitação. Um exemplo são as paleotocas feitas por um grupo de preguiças-gigantes. Por elas foi possível entender que ali era o local de descanso, comportamento muito diferente das preguiças atuais que preferem os galhos das árvores e quase não vão ao solo. 


Crédito: Francisco Buchmann.

Como icnofósseis de reprodução temos os ninhos, com eles foi descoberto que os ovos amniotas são mais antigos do que imaginamos. Mas não confunda, os ovos em si não são icnofósseis e sim somatofósseis, pois em alguns deles abrigam embriões. 


Reisz et al. 2010, Yang et al. 2019; Norell et al. 1995

Cada indivíduo pode gerar vários icnofósseis e de diferentes tipos, e como um detetive, seguindo cada pista , os paleontólogos conseguiram formar um linha do tempo até os dias atuais.





Referências:


Anelli, L.E.; Leme, J.M.; Oliveira, P.E.; Fairchild, T,R. 2020. Paleontologia. Guia de aulas práticas, uma introdução ao estudo dos fósseis. Universidade de São Paulo, Instituto de Geociências, 8a ed., 104p.


Bertolucci, Júlia Cruz. "Novos Registros de Icnofósseis para o Grupo Bauru (Cretáceo Superior) no Triângulo Mineiro." (2020). Disponivel em: https://repositorio.ufu.br/bitstream/123456789/31156/3/NovosRegistrosDe.pdf


Nos caminhos do tempo dos dinossauros: as pegadas. Fauna news,2022. Nos caminhos do tempo dos dinossauros: as pegadas. Fauna news,2022. Disponível em: https://faunanews.com.br/nos-caminhos-do-tempo-dos-dinossauros-as-pegadas/


Uma visita à casa dos gigantes. Jornal da Unesp,2022. Uma visita à casa dos gigantes. Jornal da Unesp,2022.Disponivel em: https://jornal.unesp.br/2022/01/18/uma-visita-a-casa-dos-gigantes/


MAS QUE COPRÓLITO!!!. MAS QUE COPRÓLITO!!! Colecionadores de ossos, 2012. Disponivel em: https://www.blogs.unicamp.br/colecionadores/2012/11/03/coprolito/


MARTINS, TAYNARA CRISTINA MATOS, and Joelson Lima Soares. "ICNOFÓSSEIS NO ARENITO DO GUAMÁ (PARÁ, BRASIL): POTENCIAIS REGISTROS SILURIANOS." Revista Brasileira de Paleontologia 25.2(2022):103-119. Disponivel em: https://www.researchgate.net/profile/Taynara-Martins-3/publication/362056466_Icnofosseis_no_Arenito_do_Guama_Para_Brasil_potenciais_registros_silurianos/links/62fbbcfbeb7b135a0e3da60e/Icnofosseis-no-Arenito-do-Guama-Para-Brasil-potenciais-registros-silurianos.pdf





 

Sobre a autora: Júlia Mafra, graduanda em Ciências Biológicas / Licenciatura - UFU, é apaixonada pelo mar e todos os animais.



34 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page