Buscar
  • minasbioconsultoria

Educação Ambiental: entenda o que é, sua importância e como atuar

Você sabe como reduzir os resíduos que gera e destiná-los da maneira mais adequada? Conhece maneiras de reduzir o impacto ambiental causado pela sua forma de alimentação, transporte e higiene pessoal? Sabe como reutilizar alguns de seus materiais que geralmente são descartados?


A resposta destes e de diversos outros questionamentos está na educação ambiental.


MAS, O QUE É EDUCAÇÃO AMBIENTAL?


Entende-se a educação ambiental como um processo em que o educando obtém conhecimentos sobre questões ambientais e reconhece sua importância nas ações rumo à conservação dos recursos naturais e à sustentabilidade.



Imagem ilustrativa referente à educação ambiental; Fonte: Canva

A educação ambiental tem espaço não somente nas salas de aula, como o nome possa sugerir, mas em todos os locais onde se possa extrair e expressar conhecimento relevante para a preservação e conservação do meio ambiente de maneira sustentável.


As questões ambientais são cada vez mais relevantes nas conversas e discussões do dia a dia e buscam-se constantemente soluções conjuntas para a redução do impacto antrópico na natureza.


Diariamente as pessoas têm exercido a educação ambiental em diferentes ambientes e por diversos motivos. Você se identifica com elas? Então, não deixe de ler esse texto até o final!


QUAIS SÃO SEUS OBJETIVOS?


Os objetivos da educação ambiental não estão relacionados à improvável supressão dos efeitos do homem sobre o meio ambiente, mas no estudo e desenvolvimento de práticas sustentáveis cuja intenção é promover a harmonia entre as atividades socioeconômicas e a natureza.


Portanto, a Educação Ambiental tem por meta formar cidadãos conscientes e críticos, com um espírito cooperativo e comprometido com o futuro do planeta.



Imagem ilustrativa de crianças se comprometendo com o futuro do Planeta; Fonte: Canva

QUAL É A SUA IMPORTÂNCIA?


A educação ambiental está presente nas forma como produzimos nossos alimentos (Controle Biológico - o que é e como funciona?), nas questões relacionadas à saúde humana (Covid-19: um alerta da natureza), nas atividades turísticas (Você sabe no que o ecoturismo difere do turismo convencional?), nas grandes cidades (Ambiente Urbano e você), entre inúmeros outros momentos em nossa vida devido tamanho é sua importância.


COMO ATUAR?


A atuação em educação ambiental é contextualizada pela Política Nacional de Educação Ambiental, regida pela lei n.º 9795, de 27 de abril de 1999, como pode se observar no artigo abaixo:

“Art. 7 º A Política Nacional de Educação Ambiental envolve em sua esfera de ação, além dos órgãos e entidades integrantes do Sistema Nacional de Meio Ambiente - Sisnama, instituições educacionais públicas e privadas dos sistemas de ensino, os órgãos públicos da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, e organizações não-governamentais com atuação em educação ambiental.”


Talvez você seja uma das pessoas a se interessarem na área de educador (a) ambiental. Então vamos te explicar como funciona!


Primeiramente, qualquer um de nós, independente de sua formação acadêmica e profissional, pode atuar como educador (a) ambiental, basta ter domínio de conhecimentos na área ambiental e inspirar, ensinar e aprender com as pessoas sobre formas de pensar e agir por um mundo mais justo e sustentável.


Por outro lado, você pode sim atuar profissionalmente nessa área e, nesse caso, teríamos que responder outras perguntas.


ONDE ATUAR?


Os educadores e as educadoras ambientais podem atuar no setor público, como em secretarias de meio ambiente e educação, nas escolas, nas unidades de conservação, em universidades, zoológicos; no setor privado, como em indústrias, em empresas na área da cultura e da educação, em consultorias ambientais; ou em ONGs.


Educador ambiental atuando em Zoológicos; Fonte: Kleber Fernandes; Rodrigo Agnelli; Acervo Zooparque

QUEM PODE ATUAR?

A formação de ensino superior não é obrigatória para atuar em educação ambiental, por ser uma área multi e transdisciplinar, porém ela é sempre valorizada no mercado de trabalho e os biólogos e pedagogos são as formações predominantes.


Portanto, você pode atuar tanto popular quanto profissionalmente como educador ambiental e, a cada vez mais, são necessárias pessoas capacitadas e com vontade de trabalhar em prol da sustentabilidade e da preservação e conservação ambiental, visto que sabemos da importância do meio ambiente em nossas vidas.


Ficou interessado? Entre em contato com a gente! Vale a pena conhecer mais sobre educação ambiental.


Caso conheça mais sobre a temática, compartilhe com a gente nos comentários.




REFERÊNCIAS

MEDEIROS, Aurélia Barbosa de, et. al. A Importância da educação ambiental na escola nas séries iniciais. Revista Faculdade Montes Belos, [s. l.], v. 4, n. 1, set. 2011.


OLIVEIRA, Malvina da Silva, et. al. A Importância da educação ambiental na escola e a reciclagem do lixo orgânico. Revista Científica Eletônica de Ciências Sociais Aplicadas da Eduvale, Jaciara/MT, ano V, n. 07, nov. 2012.


VALENTI, Mayla. Você gostaria de trabalhar com Educação Ambiental? FubáZINE, [s. l.], mar. 2016. Disponível em: <https://www.fubaea.com.br/post/trabalhar-com-educacao-ambiental> . Acesso em: 29 nov. 2020.


DIANA, Daniela. Educação Ambiental. TodaMatéria, [s. l.], nov. 2020. Disponível em: <https://www.todamateria.com.br/educacao-ambiental/> . Acesso em: 28 nov. 2020.


FERNANDES, Gide José. Educação Ambiental: O que é, Conceitos e Significado. Fundação Instituto de Administração, [s. l.], nov. 2018. Disponível em: <https://fia.com.br/blog/educacao-ambiental/> . Acesso em: 27 nov. 2020.




Sobre o autor: Leonardo Marques Borges Junior, graduando em Ciências Biológicas/Bacharelado - UFU.

Contato: leombjr@gmail.com








61 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo