top of page
Buscar
  • Foto do escritorminasbioconsultoria

Descarte seguro de medicamentos: preservando o ambiente e a saúde pública


Fonte: Revista Leia

Os medicamentos são essenciais para a saúde humana, mas quando não são descartados de forma correta, podem causar sérios problemas ambientais e de saúde pública. A prática de jogar medicamentos vencidos ou não utilizados no lixo doméstico, na pia ou no vaso sanitário é muito comum, mas essa atitude pode levar a contaminação do meio ambiente, da água e do solo.


Para evitar que isso aconteça, é importante que as pessoas saibam como fazer o descarte correto de medicamentos. Existem diversas formas de descarte adequado, mas a mais indicada é a devolução dos medicamentos nas farmácias. As farmácias são obrigadas por lei a receber medicamentos vencidos ou não utilizados e encaminhá-los para o descarte adequado.


As farmácias possuem recipientes especiais para a coleta desses medicamentos, que são separados e encaminhados para destinação adequada. Os medicamentos são enviados para empresas especializadas em gerenciamento de resíduos, que realizam o processo de descarte com segurança e respeito ao meio ambiente.


Fonte: Correio do Grande Recife

Outra forma de fazer o descarte correto de medicamentos é através dos postos de coleta específicos, que são mantidos por órgãos públicos ou pela indústria farmacêutica. Esses postos são locais onde as pessoas podem levar seus medicamentos vencidos ou não utilizados para descarte seguro e adequado. Geralmente, esses postos estão presentes em hospitais, unidades de saúde, prefeituras e órgãos ambientais.


Além disso, é importante estar atento às orientações presentes nas embalagens dos medicamentos, que podem conter informações específicas sobre o descarte. Algumas substâncias, como os quimioterápicos (utilizados por pessoas com câncer), por exemplo, requerem cuidados especiais e devem ser descartadas em locais específicos.


Fazer o descarte correto de medicamentos é uma ação simples, mas que pode trazer grandes benefícios para a saúde e para o meio ambiente. Ao descartar os medicamentos de forma adequada, evitamos que substâncias químicas prejudiciais sejam liberadas na natureza, reduzimos os riscos de contaminação e ajudamos a preservar a qualidade da água e do solo.


Fonte: Cirúrgica Bezerra

É importante lembrar que o descarte correto de medicamentos é uma responsabilidade compartilhada entre a população, as empresas farmacêuticas, as farmácias e os órgãos governamentais. Todos têm um papel fundamental na preservação da saúde pública e do meio ambiente.




REFERÊNCIAS:




Universidade de Passo Fundo (UPF). Pesquisa aponta presença de fármacos em recursos hídricos. Disponível em: https://www.upf.br/noticia/print/60046#:~:text=O%20descarte%20incorreto%20de%20medicamentos%20vencidos%2C%20inutilizados%20ou%20em%20desuso,por%20consequ%C3%AAncia%2C%20os%20seres%20humanos. Acesso em: 12 abr. 2023.


Ministério do Meio Ambiente. Governo Federal regulamenta correto descarte de medicamentos. Disponível em: https://www.gov.br/mma/pt-br/noticias/governo-federal-regulamenta-correto-descarte-de-medicamentos. Acesso em: 12 abr. 2023.


Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo. Descarte de medicamentos: orientações para a população. Disponível em: https://www.crf-pr.org.br/pagina/visualizar/291#:~:text=Na%20hora%20de%20descartar%20medicamentos,seu%20munic%C3%ADpio%20para%20maiores%20informa%C3%A7%C3%B5es. Acesso em: 12 abr. 2023.





 



Sobre o autor: Daniela Faria Félix Pedrosa, graduanda em Ciências Biológicas / Bacharelado – UFU.






 

27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page